BARONESS-Novas Versões e Novo Album

 

Antes, havia blogs existiam essas coisas chamadas revistas, e a revista único metal que ainda se animado sobre a leitura de cada mês. Aqui está gerenciando editor Andrew Bonazelli …

Senhores do MS são tão geeked em Baroness como nós, trazendo-lhe ao vivo versões de “Take My Bones Away” e“March to the Sea,,” e duas músicas catchiest / mais hino, ou seja, aqueles que não são nada como o resto do álbum. Você já leu aqui que o ex-Savannah / agora quarteto de Virginia deram um salto em seu lançamento via Relapse o albuim foi escutdao por vários jornalistas zilhão de vezes (conseguir um emprego como um”jornalista” de metal  e ter ; sonhos comerciais para ouvir ocasionalmente os registros de um mês de antecedência), e enquanto ela não pode ser um Indiana Jones-at-o- fim-de-Última Cruzada, ele está lá em cima.

John Adams e Pete Baizley vêm-se com algumas harmonias empolgantes antes, mas nada esta acessível. Praticamente 95% das letras do álbum são totalmente compreensíveis, e eles não estão mais enfeitadascom assuntos como mística  e metáforas. Estas são canções que muitas pessoasgostavam, talvez algumas delas eu não que não gosto particularmente. Achamos que ainda reina em vários níveis, sem negociação em sua complexidade de composição, mas eles são os fatos. Então, por que a baroness “ido lá” e que tipo de resposta que eles antecipam J. Bennett falou-lo com a banda, e  temos uma explicação (e muito engraçado) legítimo de Baizley sobre o tema da cor . A questão está em nossa loja virtual agora. Esperemos que o registro tem o seu tesão, não só para adultos em sentido cosplay mas o maldito, que era bom senso, vamos fazer fumaça.

-AB

A questão de julho 2012 também Fear Factory, um Hall da Fama do Dying Fetus, e uma incrível Unsane disco flexível, e pode ser encomendado aqui. Mas por que não é só pegar uma assinatura completa para garantir que você nunca perca um problema?

 

 

https://i0.wp.com/a4.sphotos.ak.fbcdn.net/hphotos-ak-snc7/3103_99772895055_100348_n.jpg

Before there were blogs there were these things called magazines, and the only metal magazine we still get excited about reading every month is DecibelHere’s managing editor Andrew Bonazelli…

Your MS overlords are just as geeked on Baroness as us, bringing you live renditions of “Take My Bones Away”  and “March to the Sea,” Yellow & Green’s two catchiest/most anthemic songs, i.e., the ones that are nothing like the rest of the record. You’ve read here and elsewhere that the former Savannah/now Philly-and-Virginia-based quartet have taken a leap on their third Relapse full-length. I’ve listened to the thing a zillion times now (get a job as a metal “journalist”; trade dreams of homeowning for occasionally hearing records a month in advance), and while it may not be an Indiana Jones-at-the-end-of-Last Crusade leap, it’s up there.

John Baizley and Pete Adams have come up with some rousing harmonies before, but nothing this accessible. Pretty much 95% of the album’s lyrics are totally comprehensible, and they’re no longer adorned in florid, mystical, deep South metaphor. These are tunes that a lot of people from many walks of life can and will get into, maybe some people you don’t particularly like. We think it still rules on multiple levels without trading in their trademark compositional complexity, but them’s the facts. So, why have Baroness “gone there” and what kind of response do they anticipate? J. Bennett talked it out with the band, and finally got a legitimate (and pretty funny) explanation from Baizley about the whole titular color theme. The issue’s in our webstore now. Hopefully the record takes your boner away—not in the walking in on adult baby/diaper lover cosplay sense, but the damn, that was good—let’s smoke sense.

-AB

The July 2012 issue of Decibel also features Nile, Fear Factory,a Dying Fetus Hall of Fame, and an awesome Unsane flexi disc, and can be ordered hereBut why not just get a full subscription to ensure that you never miss an issue?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s