DEATH-proto punk/detroit/atitude/black rock/anos 70

0

A MORTE PEDE PASSAGEM

https://i1.wp.com/www.mxdwn.com/wp-content/uploads/2011/02/death-spiritual_mental_physical.jpg

 Pra quem não sabe Death que dizer “Morte”em ingles

Banda de Detroit proto-punkDeath formado em 1973 com o talento dos irmãos Bavid, Bobby,e Dannis Hackney.Os irmãos, que passava os verões ouvindo e curtindo o soul e funk, começou a endoirdar pelo som ensurdecedor de bandas como BlackSabbath, MC5, AliceCooper,e os Stooges,que achou graça com a cena de rock de Detroit crescente underground.

                  Produtor Don Davis (Funkadelic)foi chamado para dirigir as sessões  da banda em estúdio, que desenterrou classicos do  rock com influenciados peloi  som punk, com letras politizadas . As canções, eventualmente, chamaram a atenção do Columbia Records e do guru Clive Davis,que queria mudar o nome da banda  e ai que a banda mostra algo que  hoje esta se tornando algo raro a ATITUDE de dizer NAO  para algo que não concorda,  e os três irmãos se foram para a Nova Inglaterra para ficar com seu meio-irmão. O que foi inicialmente concebido como uma fuga breve se transformou em décadas, e os irmãos seguiram caminhos separados. Em 2009 Drag City lançou,que coletou todos os sete singles da banda. Death se reuniu para uma série de shows em 2010 e também desempenhou o South by Southwest Music Festival desse ano. No início de 2011, Drag City, com a ajuda deMembros da banda , lançou uma coleção de demos Para o mundo inteiro ver sessões de direito Metal espiritualFísica.

s Lightbox

ONLY KNOWN BAND PHOTO em My Photos por

The East Detroit-based proto-punk outfit Death formed in 1973 around the talents of siblings David, Bobby, and Dannis Hackney. The brothers, who had spent previous summers banging out soul and funk jams, began to gravitate toward the deafening assault of bands like Black Sabbath, MC5, Alice Cooper, and the Stooges, resulting in a volatile live set and demo that found favor with Detroit’s burgeoning underground rock scene. Producer Don Davis (Funkadelic) was called in to helm the band’s debut studio sessions, which unearthed a raw, nervy collection of classic rock-tinged, politically charged punk singles. The songs eventually caught the ear of Columbia Records guru Clive Davis, who wanted to change the band’s name to something more forgiving than Death. David refused to budge, causing a rift in the group that led to all three siblings retreating to New England to stay with their half brother. What was initially devised as a brief getaway turned into decades, and the brothers went their separate ways. In 2009 Drag City released For the Whole World to See, which collected all seven of the band’s singles. Death reunited for a series of shows in 2010 and also played the South by Southwest Music Festival that year. In early 2011, Drag City, with help from Death‘s members, released a collection of demos and outtakes from the For the Whole World to See sessions entitled Spiritual Metal Physical.

http://www.myspace.com/deathprotopunk

 

 

http://www.allmusic.com/artist/death-p1068448/biography

Advertisements

ROCKIN JELLY BEAN-art/hard-ons/photos/rock

0

UM    DESENHISTA    BEM MASCARADO!!

https://i1.wp.com/www.rockinjellybean.com/cgi-bin/up/upfile09/237.jpg

 

Rockin Beally Jean esta bem acompanhado  (FOTO ACIMA)
agora sempre vi seus trabalhos mas nunca tinha o visto antes
ele realmente uma figura

Thank you for came down to Erostika yesterday! I was so glad to see you guys. but we are sorry that bad preparation keeps you waiting for a long time.
I would like to meet all of you again heartily!

Brazilian Baby

 


 

Rockin Jelly Bean-Brazilian Baby(2007)Design for Billionaire Boys Club/ Ice Cream
Scanned from Juxtapoz Issue Oct 2009

versão de Rokin Bealy jean para  a mulher Brasileira

ele também é fã de nosso País presumo

HARD-ONS JAPAN TOUR 2011

 

https://i1.wp.com/www.rockinjellybean.com/cgi-bin/up/upfile09/201.jpg


ele desenhou a camiseta da nova turne  do HARD ONS trio australiano ele se diz um  grande  fã  mas também ama vários generos musicais el balançou muita a cabeça quando a banda esteve me turne no japão

I drew Japan tour T-shirt design of “The HARD-ONS” who are Australian great three pieces band. I’m big fan of them! They are loved from world people, and respected from various genres musicians.
Their Japanese tour begins on Sunday February 20th. Anyway, let’s shake a head and surge up with HARD-ONS!!!

In addition, the T-shirt sold on each club, please check it out!
Of course official tour T which RAY drew will be also sold, I can’t wait!

http://www.rockinjellybean.com/index.shtml

PHILL MUCCI-clip/marsvolta/cineretrô/opeth/entrevista

0

I PHIL ROCK

https://i0.wp.com/www.slackerwood.com/files/MucciLeague.jpg

Esta é entrevista é mais legal que eu já li Phil fala sobre sua paixão pelo cinema retro e os planos de dirigir um longa Trabalhou com bandas que fazerm diferença no rock como MARS VOLTA,KILLER,CHEMICAL ROMANCE,KORN   recetemente dirigiu o clip soturno e pyscodelico do Opeth

DEVIS ORCHADE  um grande clip realmente

Far Out é um grande exemplo de horror revisionista que adota uma estética trippy doRuss Myers. Além de Beyond The Valley Of The Dolls e, possivelmente, o movimento do Giallo, o que mais informado o estilo do curta?

Obrigado! Sou um grande fã do diretor italiano Mario Bava, que trabalhou em vários gêneros, incluindo, provavelmente, um dos primeiros espirros de SANGUE E renda preta. Seu trabalho é realmente inspirador, porque ele começou com efeitos especiais e fotografia antes de antes dos computadores e tecnologia de tela . Ele conseguiu fazer um monte de trabalho visual grande na câmera, no set, então seu trabalho tem um elemento de fantasia, mas também uma qualidade tangíveis que só se ve em trabalhos dessa maneira. Todos os filmes que eu vi de Bava teve uma influência no meu trabalho, mas eu diria que os dois que são mais evidentes na FAR OUT seria e as 5 BONECAS DE UMA LUA .

Também fui influenciado pelo trabalho de Jess Franco, do início dos anos setenta. Ele trabalhou muito rapidamente com orçamentos muito baixos, mas conseguiu criar alguns filmes realmente agradável e duradouro com a atriz Soledad Miranda (aka Susan Korda). Sem ela, seus filmes seriam muito sem graça, mas sua óbvia admiração dela, e a maneira como a câmera fixada em sua aparência sutil e sedutora, fez algo especial. Os filmes Franco que mais influenciou FAR OUT provavelmente seria LESBOS Vampyros, ela foi otima  em IN ECSTASY (ambos com Soledad), e EUGENIE:. A HISTÓRIA DE SUA VIAGEM EM PERVERSÃO

No ano passado, throwback Ti West Casa horror de 80 de The Devil fez um bom pouco de buzz.

                                                                                                                             Porque você acha que tornou-se esta na  moda para os filmes a adotar uma estética retrô?

Eu não posso falar por todos, mas acho que adotar estilos mais antigos é uma boa maneira de estabelecer rapidamente o mundo do seu filme. Ambos os meus curtas-metragens foram conceitualmente ligadas ao passado, então para mim fazia sentido. E dentro do contexto de um curta-metragem, estabelecendo um look  rapidamente é muito importante. Você não tem o luxo de dos tiros lentamente construindo exposição .

Para mim e minha equipe, e eu suspeito que os outros, o nosso “estética retro” também foi uma reação contra a enorme quantidade de CGI nos filmes de gênero. Sentimos que, na maioria dos casos, esses filmes foram ficando cada vez mais sem alma, que eles não tinham a sensação artesanal e a “mágica” que muitos dos nossos filmes favoritos do passado tinham. Mesmo com orçamentos muito menores e tecnologia limitada, os cineastas que idolatrava foram capazes de criar obras de arte duradoura, graças em grande parte, ao artesanato dedicada que levou para fazer esses tipos de filmes de gênero. Isso não quer dizer que não tem o mesmo nível de habilidade e dedicação ao trabalho com CGI, mas para a maior parte, os resultados deixaram-me um pouco frio. Os efeitos hoje são vistos mais como o próprio produto, ao invés de ser usado minimamente em apoio ao filme como um todo.

Eu acho que outra razão para adotar essas estética retro é porque ele remonta ao renascimento de ouro dos filmes de horror americano e europeu, a partir do final dos anos 60 a meados dos anos 80. O Exorcista, O Iluminado, O Bebê de Rosemary, The Evil Dead, Um Lobisomem Americano em Londres, são todos clássicos duradouros que permanecem insuperáveis

Quais são os seus favoritos exploração sub-gêneros?

Eu acho que eu teria que dizer flicks Revenge feminino, filmes Lesbian Vampire, e movimentos Nunsploitation todos têm um lugar especial no meu coração.

Quaisquer planos de helming uma característica de corpo inteiro na Horizen?

Definitivamente. Desde que eu mudei para Los Angeles eu estive ligado a um par de projectos (escrito por outros) que não ter acontecido por várias razões. Agora estou focando no desenvolvimento de dois dos meus próprios, uma das quais é uma versão longa-metragem da FAR OUT. Vamos ver o que acontece. Nesse meio tempo eu fui escrevendo e dirigindo vídeos de música, que é extremamente competitivo, mas muito divertido.

Quem são seus músicos favoritos de colaborar?

Crescendo como um garoto branco de subúrbio nos anos 80, ouvindo tudo, desde Pink Floyd a Slayer, rocker  são apenas um tipo de pessoas-Lzzy Hale especialmente assim.

Você já colaborou com a modelo Karen Miller para o seu “francês é Sexy” curto e Louis XIV o vídeo “Paper Doll”. É um trabalho árduo tiro ela em lingerie?

Mais difícil do que a álgebra chinesa.

Obrigado, Phil Mucci!

www.philmucci.com

GLORIA-rockinrio/metal/vaias/show

0
NOITE DE GLORIA NO ROCK IN 2011
https://i0.wp.com/f.i.bol.com.br/entretenimento/fotos/rock-in-rio-2011-shows_f_173.jpg

GLORIA  banda que rotulam como  SCREAMO??? mistura de emo e hardcore mas prefiro chama-los de  METLACORE mesmo apesar das vaias  o Gloria que já havia se apresentado para um grande público  no ano passado no  SWU 2010 mostrou a mesma força  no  ROCK IN RIO  2011 ao lado de bandas nacionais como  ACE 4 TRAYS são algumas das bandas nacionais no estilo  metalcore que estão pipocando por ai fizeram uma apresentação com competência e e muito entrosamento pesado e ao mesmo tempo melodicotocarão sons como É TUDO MEU E VAI PAGRA POR ME CONHECER,BICHO DO MATO E AGORA É  MINHA VEZ

https://i1.wp.com/m.i.uol.com.br/album/rock-in-rio-2011-25-setembro_f_087.jpg

                   E não se abalaram com algumas vaias  vindo de alguns cantos do público o mesmo aconteceu com a Cantora baiana que eu não preciso dizer quem é acho  que o artista tem que dar prioridade a quem está curtindo seu show e quem esta vaiando tem todo o direito de não gostar, ele pagou para estar ali portanto não reclamem porque o artista não esta ali de graça e tem que saber lidar com estas adversidades,mas isto é problema da cantora com seu público que  aliás as mesmas pessoas que a vaiaram  a cantora são as mesmos que ficam se acotovelando nas insuportáveis, micaretas deste País pura  hipocrisia .

Gloria mostrou como se faz e parabéns a banda.